25 de maio de 2014

Antologia Winepunk - ilustrações

Antologia Winepunk é uma colectânea de contos que, brevemente, vai ser lançada pela equipa Invicta Imaginária.
Os textos partilham um universo ficcional, estão situados no mesmo espaço e na mesma época: a Monarquia do Norte, 1919. Mas não é aquela monarquia que conhecemos por ter durado três semanas. Por forças políticas e mudanças tecnológicas que na altura se vivenciaram, a história seguiu um rumo alternativo quando exploraram outras propriedades das regiões vinícolas e das uvas, sobretudo como fonte de energia, porventura anos antes da fundação do reino.

Foi tarefa dos escritores contar essa história, imaginar as mudanças e lutas que teriam sido sentidas no reino ao atravessar um inesperado rumo, destacar aquelas personagens que perdurariam na memória, sejam heróis e vilões, ou simplesmente pessoas comuns. Escritores de ficção-científica portuguesa com valores reconhecidos ou novos valores que já estão a dar que falar.

Seguem este link para descobrir os autores de FC seleccionados e ter um primeiro vislumbre dos acontecimentos que definem o universo ficcional do livro.



Um desejo das editoras foi acompanhar os textos com ilustrações, muito ao jeito como se fazia no antigamente. Uma tradição perdida que felizmente vejo a ser recuperada em recentes fanzines e romances. Pessoalmente, sinto um apreço que uma ou mais determinadas cenas da história sejam retratadas fielmente pela visão do artista. Tanto contribui para a história como para a imaginação do leitor.

Senti-me honrado pelo convite das editoras para ilustrar os textos do livro, senti uma felicidade como poucas tive. Achei que ficava muito bem se optasse por um estilo "do antigamente", dado a época em que as histórias decorrem e também para invocar esse mesmo espírito de outrora de textos ilustrados. Elas gostaram do que fiz no Almanaque Steampunk 2013 (em colaboração com o genial argumentista Rui Leite) onde eu brincava com esse estilo.

Foi um desafio, uma responsabilidade que assumi e às vezes não conseguia avançar (talvez fale disso noutra oportunidade) mas foi um entusiasmo quando desenhava. O rio Douro, as encostas vinícolas, a magnífica cidade do Porto... só pelos cenários foi uma experiência gratificante para mim! Arrisquei em desenhar máquinas, não é propriamente a minha área de eleição, mas espero que tenham ficado atractivas e sobretudo com personalidade. Espero que de certa forma tenha contribuído para o universo Winepunk.

Por fim, para alimentar a curiosidade neste livro especial, deixo-vos então um cheirinho da minha contribuição. Mais da minha arte falarei brevemente :)

4 comentários:

Olinda P. Gil © disse...

Que maravilha! Quero saber mais!

rui alex disse...

Combinado :D

Ana C. Nunes disse...

Rui, tenho a certeza que os trabalhos ficaram todos espectaculares, e o esforço que se nota que fizeste para te adaptares ao estilo de outrora é de louvar.
Tal como tu, espero que o hábito de incluir ilustrações nos romances e contos regresse, como antigamente. É lago que adoraria ver em mais livros e é uma tradição que +e pena ter-se perdido.
Fico à espera de ver mais trabalhos teus. E estou curiosa por ver a antologia Winepunk.

rui alex disse...

Ana, obrigado pelo comentário que me deixa muito sensibilizado.
Projectos como este podem contribuir, mesmo que um bocadinho, para que o regresso das ilustrações em livros seja definitivo e abrangente, assim espero também.
Vamos fazer por isso!

Quanto aos meus trabalhos futuros ando perdido na organização em várias colaborações e arrisco a demorar a mostrar algo :P. Mas posso encaixar novas ilustrações aqui neste cantinho enquanto não houver novidades maiores.

beijinho